Como foi construir o Empreste Moda – parte I

28 de maio de 2018

Construir uma empresa do zero não é nada fácil, mas o Empreste Moda não começou bem assim do zero. Nesse post vou contar tudinho de como foi o começo desse sonho até agora. Então senta que lá vem história!

Conheci a Karina Nogueira no curso de Design de Moda em 2016 e ao longo do curso fomos descobrindo várias coisas em comum, mesmo parecendo tão diferentes. Karina tem formação na área da saúde, é mãe de família, mãe de cachorro e uma mulher muito forte (apesar dela achar que não!). Eu sou da área de comunicação, moro sozinha, não sou mãe de família nem de cachorro, mas também sou uma mulher muito forte (estou descobrindo isso agora!). Quando o curso acabou nós duas ficamos meio perdidas e foi então que a Karina me chamou para fazer parte de um projeto dela, que estava esquecido, e eu topei na hora. Foi assim que começou o Blog Enjoy CWB que antes era Enjoy 40, um projeto pessoal da Karina. Ali começou uma amizade e uma parceria que iria mudar minha vida para sempre!

Na 1ª seção de fotos para o Blog

A Karina sempre quis achar uma forma de monetizar o Blog de uma forma mais rápida porque organicamente sabíamos que iria demorar muito para começar a ganhar dinheiro com o Enjoy. Foi então que depois de muita pesquisa ela achou esta ideia relativamente nova de consumo: aluguel de roupas. Nós já estamos muito acostumados com lojas de aluguel de vestidos de noivas e festas, mas não era esse o propósito e sim alugar roupas para ocasiões mais corriqueiras, como festas de final de ano, coquetéis, baladas e afins.

Karina alugou uma sala comercial, comprou as roupas, a família ajudou a construir as araras, comprou maquininha de cartão, abriu o negócio e nesse meio tempo fiquei tomando conta do Enjoy CWB. Chegou o grande dia da abertura oficial da loja, Karina me chamou para almoçar e conversar. Nesse dia confesso que estava super desanimada com o Blog e minha carreira profissional parecia não ir para lugar nenhum. Começamos a conversar e minha amiga me disse algo que me deu um embrulho no estômago:

– Amiga, você sabe que meu marido tem um negócio em São Paulo e está inviável eu ficar aqui. Estou abrindo hoje, mas decidi me mudar para lá, você quer ficar com o negócio?

CHOQUE! Fiquei sem ar por alguns segundos e a primeira coisa que pensei foi: QUERO, porém como sou impulsiva e nos negócios não pode ser assim, decidi digerir melhor a ideia e pensar. Assim que sai do restaurante eu quis gritar e contar para o meu namorado o que estava acontecendo! Neste dia nem dormi e na manhã seguinte me deu medo, muito medo de começar um negócio do zero sem experiência nenhuma de business. Pensei na minha zona de conforto mas também pensei que mudei para Curitiba para ser independente, para crescer e no final do dia tomei coragem e decidi: vou agarrar esse negócio que caiu no meu colo com unhas e dentes pois é a oportunidade da minha vida!

Depois dessa conversa minha vida virou de cabeça para baixo. Aprendi e estou aprendendo todos os dias coisas que jamais pensei que iria precisar e o mais legal é que estou amando esse processo de conhecimento que nunca mais vai parar de acontecer.

Foi assim que tudo começou mas quero deixar um gostinho de quero mais para o próximo post. Pode deixar que aviso quando ele sair. Deixem comentários se vocês já passaram pelo processo de empreender ou de qualquer outra experiência que tenha mudado a sua vida. Vou amar saber!

 

Beijos e até o próximo post 😉

 



Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*